CANAL DE SÃO ROQUE

CANAL DE SÃO ROQUE

Foto de Gabriel Pereira




terça-feira, 15 de julho de 2014

gota de água



Foto retirada da net






gota de água      
Carlos Pereira
ínfima gota de água
coesão molecular translúcida
força e destreza
moves o moinho e o futuro
-H2O-
moves a mó que mói o grão
que germina em cada mão
transportas a vida nas margens do tempo
és silêncio na lágrima que rola pela ruga da pele
lambes as feridas da terra gretada
és grito na onda do mar que o vento impele
caminho da nau à praia regressada
és começo de história
sussurro bucólico do regato da minha infância
livro de sonhos e de memória
natureza em flor exsudando exclusiva fragrância
és festa quando por sobre as searas em medrança
vertes teu sangue de vida afastando a desgraça
és um poema nos olhos de uma criança
música inebriante batendo na vidraça

Aveiro, 03.06.2014

in "Poetas d'hoje / Antologia - Edição Grupo de Poesia da Beira Ria / Aveiro 2016
Publicado no Diário de Aveiro




domingo, 6 de julho de 2014

OLHAR



Óleo s/ tela de Salete Pereira




OLHAR
Carlos Pereira
 


Um copo de vinho tinto meio cheio
sobre a mesa carcomida.
Uma vida meio desfeita, mal vivida,
um livro e um amor que ficaram a meio.
 
Corre alazão, veloz, só com o freio
que a minha mão perdeu a brida;
com o espectro constante do receio
a morte sobrepõe-se sempre à vida.
 
O que se perdeu, perdido está
para lá das memórias esfumadas
e das esperanças já cansadas.
 
O que se ganhou, nunca será
mais do que uma réstia de felicidade
num mundo grotesco de inumanidade.
 

 

Aveiro, 26.01.2014

Publicado no Diário de Aveiro