CANAL DE SÃO ROQUE

CANAL DE SÃO ROQUE

Foto de Gabriel Pereira




sexta-feira, 24 de agosto de 2012

COMO EU VEJO O MAR

 
 
Lagos
Foto de Carlos Pereira
 
 
 
 
 
 
 
COMO EU VEJO O MAR
 
Carlos Pereira
 
 
Estou aqui sentado há um ror de tempo,
 
Se medido pela clepsidra abandonada nas areias desta praia
 
Pelos marinheiros que a aportaram há milhões de anos.
 
Milhões de anos nunca será muito tempo para contemplar o mar;
 
Ademais, eu gasto muito mais tempo a olhá-lo dentro do seu interior,
 
Do que a olhar a espuma na superfície dos seus dias.
 
Escuto os seus segredos seculares e perscruto o silêncio fulvo das algas,
 
Aliadas dos peixes que nunca farão as pazes com o criador do seu destino.
 
Nós e os peixes, somos filhos da mesma criação,
 
Porque o sal das nossas lágrimas
 
É igual ao sal das lágrimas do mar.
 
 
 
 
Aveiro, 07.05.2012
 
 
 
 
 

 
 
 




 
 


 






 

 
 
 



2 comentários:

  1. Olá amigo, que linda visão do mar e com poema no sentir. Adorei. Beijos com carinho

    ResponderExcluir