CANAL DE SÃO ROQUE

CANAL DE SÃO ROQUE

Foto de Gabriel Pereira




sábado, 23 de fevereiro de 2013

UMA ESPADA NA BOCA A CANTAR

 
 
Foto retirada da Net
 
 
 
 
 
UMA ESPADA NA BOCA A CANTAR
Carlos Pereira
 
                     
                              Ao Zeca Afonso
 
 
 
Um relâmpago tingiu o céu
com uma explosão de escuridão.
A terra tremeu com o grito do som
no auge do trovão.
O rio em decadência anunciada
de margens doentes, agonizadas,
vomita toda a tristeza da cidade agrilhoada.
Agora é que as tuas rosas davam jeito
para colorir as paredes queimadas
da nossa esperança;
E os cravos vermelhos que trazias no peito
para colorir as lágrimas das searas abandonadas
ou o sorriso de uma criança.
Agora é que devias regressar
com um poema na mão
e uma espada na boca a cantar
de novo este povo órfão.
 
 
Aveiro, 21.02.2013
 
 
 
 



2 comentários:

  1. Estamos a precisar de cravos vermelhos...de um Abril novo...como de pão para a boca!
    O Zeca faz-nos falta!

    ResponderExcluir