CANAL DE SÃO ROQUE

CANAL DE SÃO ROQUE

Foto de Gabriel Pereira




sábado, 25 de fevereiro de 2017

FRAGMENTOS


Foto de La Salete Pereira




FRAGMENTOS
Carlos Pereira


Palavras síncronas, modestas e audazes,
atravessaram a pauta metálica
de um bosque de teclas e cordas,
em vibratos aéreos,
tangidos por virgem sedenta de acordes de sémen,
no ventre primaveril de uma aurora prenhe
por astros aburguesados de cio.

Fragmentos marmóreos de um seio lunar,
alimentam os luzeiros trémulos
que hão-de guiar o barco universal
na libertação dos mastros e
das marés desconchavadas
de malditos mares.

Raízes ancestrais,
descem às profundezas aquíferas do mar Egeu,
dele bebendo e alimentando-se de estilhas
de barco adormecido no seu leito primevo,
na procura da ânfora guardiã
da sabedoria suprema de Hipócrates e
da celestial beleza de Helena, a divina rainha.

Aveiro, 11 de Outubro de 2016

In ”GRAPHEIN” Coletivo de Autores – Edições Vieira da Silva 2017

Publicado no Diário de Aveiro


2 comentários:

  1. Um poema intenso e profundo para ler e reler.
    Um beijo, meu amigo.

    ResponderExcluir
  2. Excelente
    para ler em voz alta
    Abraço

    ResponderExcluir